Blog

(sem título)

IMG_3645

É Importante Ser ASSOCIADO da Associação Brasileira de Acupuntura Veterinária (ABRAVET)?

Há na verdade três ou talvez até quatro formas de se enxergar ou de ponto de vista para se poder responder a essa pergunta:

  1. Você é profissional renomado, de muita experiência profissional como Acupunturista Veterinário, tendo ou não feito um curso de Especialização em Acupuntura Veterinária, no Brasil ou no Exterior, ou o fez mas na linha humana apenas, ou simplesmente foi autodidata e fez cursos diversos de diferentes técnicas no Brasil ou no Exterior
  2. Você fez curso de Especialização em Acupuntura Veterinária por uma escola que é devidamente registrada e reconhecida pela #ABRAVET
  3. Você fez curso de Especialização em Acupuntura Veterinária, mas sua escola não está devidamente regulamentada e registrada na ABRAVET
  4. Você ainda está fazendo seu curso de Especialização em Acupuntura Veterinária

Se a sua situação se enquadra na opção 1 acima, provavelmente você nem queira ser um associado da #ABRAVET, pois por exemplo nem pretende se inscrever e prestar a Prova Para a Obtenção do Título de Especialista em Acupuntura Veterinária (que a ABRAVET cria e aplica, e depois tudo é por você homologado junto ao  seu conselho profissional (CRMV-SP por exemplo); ou não pretende fazer os cursos desta entidade por julgar pouco profundos ou importantes para sua vida profissional. Tudo merece respeito! Cada indivíduo é dono de sua vida e de suas escolhas.

Ainda  na opção 1 acima, você acredita que tem sim de ajudar a fortalecer sua entidade, e além disso pretende prestar a prova de Especialista da mesma a fim de obter o Título de Especialista em Acupuntura Veterinária e se tornar ainda mais reconhecido profissionalmente, se diferenciando dos demais profissionais (os que somente tem o certificado do curso de especialização, sendo denominados de especializados, mas que não prestaram a prova da ABRAVET e portanto não podem ser considerados Especialistas – estes sim são os profissionais aprovados na prova da ABRAVET e que obtiveram uma carteira profissional do Conselho Regional de Medicina Veterinária de seu Estado contendo seu número de Especialista!).

Se sua situação é a de número 2, e pretende ser um legalmente reconhecido Acupunturista Médico Veterinário, seria bom neste ano já se inscrever para a Prova para Obtenção de Título de Especialista em Acupuntura Veterinária (a não ser que ainda não possua mais de 2 anos de formado no curso de especialização). Assim você tem a chance de ser aprovado e em breve receber sua carteirinha profissional de Especialista em Acupuntura Veterinária junto ao seu Conselho Regional de Medicina Veterinária (CRMV).

Vamos continuar em breve….

Quem é Daniel Mendes Netto

Olá, vou contar um pouquinho de minha história para vocês: desde pequeno, por volta de 5 anos de idade, sou apaixonado por bichos e defensor dos mesmos… mas infelizmente nunca pude ter um animal de estimação meu mesmo, e sim sempre tive de brincar com os animais de meus amigos e parentes.

Nunca gostei muito de estudar, mas chegou o dia em que ou eu partia com tudo para fazer aquilo que mais amava (lidar com animais e se possível como “Médico de Bichos” – Médico Veterinário eu nem sabia o que era!) ou eu seria um eterno frustrado. Então eu tive realmente de estudar e muito para passar na melhor faculdade da minha época, em que não existiam ainda os cursos ofertados pelas instituições particulares/privadas e sim apenas os das Universidades Públicas.

Estudei um ano todo de manhã (terceiro colegial) no Objetivo – hoje UNIP -, à tarde sozinho em casa e à noite no cursinho (também do objetivo). Mas paguei o preço de nunca ter estudado antes… Não passei na faculdade e tive de estudar mais seis meses sozinho, com o apoio do programa da TV Cultura (de manhã) e à tarde eu estudava e resolvia exercícios, à noite eu revisava tudo e ia dormir. Estudei seis meses de segunda a sábado das 8h às 13h e das 15h às 21h. Mesmo assim, novamente não fui aprovado (nem na USP, nem na UNESP e nem em Londrina/PR). Então parti para estudar de forma mais focada: para passar na UNESP (e eu queria escolher Botucatu). Foi então que resolvi estudar mais fortemente Química, Física e Matemática (todas que eu era ruim e ia mal) e Biologia e Português (nesses eu ia bem, somente literatura eu era fraco, gramática eu ia bem). E estudei mais seis meses sozinho de manhã e de tarde e à noite fui fazer cursinho do Colégio Anglo – perto do Mackenzie próximo à Rua da Consolação. Mudei de ares, tive excelentes professores e finalmente passei! UNESP-Botucatu!

Mas após me formar em Medicina Veterinária, fui fazer Residência em Clínica Médica de Equinos e Ruminantes na FMVZ-USP (pertinho de casa). Em seguida fui contratado para trabalhar por um ano no Hospital Veterinário de Pequenos – Cães, Gatos e Silvestres – e Grandes Animais – Equídeos e Ruminantes no Hospital Veterinário da Fundação de Ensino Octávio Bastos – UniFEOB-, em São João da Boa Vista/SP. Em seguida fui contratado como professor da Faculdade de Medicina Veterinária da Fundação Pinhalense de Ensino (UniPinhal) e após 3 anos virei vice-diretor deste curso.

Saindo de Espírito Santo do Pinhal, fui contratado para ser professor da Faculdades Metropolitanas Unidas (Uni-FMU), sendo em poucos meses contratado para ser o Diretor do Hospital Veterinário que na época ficava em Jurubatuba, perto do antigo templo do Padre Marcelo. E somente muito mais tarde portanto eu fui para a área das Medicinas Complementares ou Integrativas (a Acupuntura Veterinária em particular). A convite de um grande amigo meu e parceiro, o doutor Adriano Luiz Mendes Caquetti (da Ozonioterapia Veterinária), acabei fazendo meu primeiro Curso de Especialização em Acupuntura Veterinária do Instituto Brasileiro de Acupuntura e Homeopatia (IBRAHO), de nosso querido professor e amigo Orley Dulcetti Júnior.

E daí para frente nunca mais parei de estudar, fazer cursos, mini cursos, participar de congressos, simpósio e tudo o mais na área de Medicina Chinesa e principalmente de ACUPUNTURA.

Em meu blog aos poucos contarei algumas histórias interessantes sobre minha jornada na acupuntura.

Vejam a seguir um resumo em estilo moderno (slide de powerpoint) de meu curriculum vitae!

Depois saberão mais a fundo sobre minhas formações e atividades na área da Medicina Veterinária Tradicional Chinesa com ênfase em Acupuntura Veterinária Tradicional e Bioenergética (e também na Acupuntura Humana Bioenergética), da qual sou o representante brasileiro na área veterinária pelo CEMETC-Espanha, de meu querido mestre que este ano nos deixou, infelizmente…

 

Como Me Tornei Médico Veterinário!

Contarei aqui um pouquinho de minha história, a fim de que veja como é a jornada de um profissional médico veterinário, acupunturista, professor universitário – ensino superior – e de pós-graduação (especialização), escritor de livros e um apaixonado pelos animais e pelas ciências médicas (principalmente as Medicinas Integrativas).

IMG_3570

Tudo tem um começo, isso é certo. E tudo terá um fim, também é certo. Somente o percurso de vida que cada um tem o seu, alguns parecidos, outros totalmente diverso do comum, ou até mesmo inusitado.

IMG_3602

Quando foi que me dei conta de que amava os animais? E de que gostava de biologia e área médica? Quando decidi ser médico veterinário? Que rumo dei à minha vida pessoal e profissional? Qual jornada?

Aguardem e em breve contarei um pouco de minha história de vida pessoal e profissional. Por agora, leia em Quem somos um trecho dessa história que aqui se desenrolará!